Por Comunicação, FBF
Salvador, Bahia

Vem aí mais uma edição do campeonato conhecido por apresentar aos torcedores as futuras promessas dos seus clubes. A partir de 9 de setembro, a bola rola no Baianão Infantil e Juvenil 2017.

A disputa, que vai até 2 de dezembro, será iniciada com 13 equipes (Bahia, Vitória, ABB, Galícia, Jacuipense, Juazeirense, Leônico, Lusaca, Astro, Catuense, Flamengo de Guanambi, Jacobina e Serrinha). Nesta quinta-feira (17), presidentes e representantes das agremiações se reuniram com a diretoria da Federação Bahiana de Futebol, representada pela diretora técnica, Taíse Galvão, pelo subdiretor administrativo e financeiro, Marcelo Araújo, e a coordenadora do Departamento Técnico, Sandra Borges.

Na sede da entidade, foi realizada a Reunião do Conselho Técnico da competição. No local foram definidos detalhes como regulamento, tabela e divisão dos grupos, e discutidos os aspectos técnicos do certame, como presença de médicos nos bancos de reservas, segurança, arbitragem, CBJD, Estatutos da FBF e CBF e estádios.

20842302 1851392621843877 5076967420109996611 n

 

Com quatro participantes a mais do que em 2016, quando nove clubes disputaram o estadual, o Baianão Infantil e Juvenil terá uma nova fórmula neste ano. Desta vez, em ambas as categorias, o campeonato terá dois grupos na primeira fase, sendo um deles composto por sete equipes e o outro por seis equipes.

As associações, que por unanimidade aprovaram a fórmula, se enfrentarão dentro de cada grupo, em sistema apenas de jogos de ida. As quatro melhores colocadas de cada grupo avançarão para a segunda fase, de quartas de final.

Nas quartas, os oito clubes serão distribuídos em quatro grupos de dois, na seguinte formação: Grupo 3 (1º do GR 1 x 4º do GR 2), Grupo 4 (1º do GR 2 x 4º do GR 1), Grupo 5 (2º do GR 1 x 3º do GR 2) e Grupo 6 (2º do GR 2 x 3º do GR 1). Dentro de cada grupo, eles se enfrentarão em jogos de ida e volta, classificando-se para as semifinais os quatro vencedores.

Nas semifinais, os quatro classificados serão divididos da seguinte forma: Grupo 7 (1º do GR 3 x 1º do GR 5) e Grupo 8 (1º do GR 4 x 1º do GR 6). As duas vagas na decisão serão definidas também em sistema de ida e volta.

Já na fase final, a competição terá as disputas do 3º lugar e do título. No 3º lugar, os perdedores das semifinais se enfrentarão em jogo único. Já na decisão, os dois vencedores das semifinais duelarão em jogos de ida e volta pelo troféu de campeão baiano.

Outra novidade desta edição diz respeito ao critério de desempate. Assim como no Baianão Sub-20, realizado no início da temporada, o estadual Infantil e Juvenil, em caso de igualdade no número de pontos e saldo de gols, terá as quartas, semi, final e 3º lugar decididos nas cobranças de pênaltis. A mudança também foi aprovada por unanimidade pelos clubes presentes. Já os mandos de campo dos jogos de volta serão sempre das equipes de melhor campanha no certame.

Na categoria Infantil (Sub-15), as partidas terão duração total de 70 minutos, divididos em dois tempos de 35. No Juvenil (Sub-17), os jogos terão 90 minutos, divididos em dois tempos de 45.

Para a formação dos grupos da primeira fase, a FBF realizou um sorteio, onde foram definidas as posições de Bahia e Vitória. O Vitória caiu no Grupo 1, ao lado de ABB, Galícia, Jacuipense, Juazeirense, Leônico e Lusaca. Já o Bahia ficou no Grupo 2, ao lado de Astro, Catuense, Flamengo, Jacobina e Serrinha.

Os clubes terão até o dia 29 de agosto para inscrever o mínimo de 18 atletas em cada categoria. O prazo final para inscrições de jogadores se encerrará no dia 25 de outubro.

A FBF divulgará, em breve, por meio do seu portal oficial, a tabela completa e o regulamento do Baianão Infantil e Juvenil 2017.